Imprimir esta página
terça, 27 março 2018 11:55

(2016) Brisa Student Drive Camp na estrada

O terceiro dia do Brisa Student Drive Camp foi passado no Centro Operacional da Brisa. Simulação e prática estiveram em destaque. Chegados ao Centro Operacional Brisa da Marinha das Ondas, os participantes do Brisa Student Drive Camp foram recebidos por Paulo Figueiredo, coordenador de assistência rodoviária da Brisa.

“Existem 14 centros operacionais”, informou Paulo Figueiredo, acrescentando que o centro em questão é responsável pela supervisão da A17. Em 2015, foi efetuada vigilância em cerca de 700 mil quilómetros de estrada, com um contingente de dez profissionais por dia. No total, “foram gastos cerca de 47 mil litros de combustível”, revelou Paulo Figueiredo. Ainda durante esta receção, os estudantes puderam conhecer uma viatura de assistência que inclui uma mini-oficina, uma parte de sinalização e um posto de condução.

De seguida, os participantes foram divididos em quatro grupos que, alternadamente, visitaram quatro estações distintas. Numa delas, com recurso a um simulador de capotamento, Isabel Macedo ilustrou a importância do cinto de segurança em situações de perigo.

Já na pista, um condutor da Brisa demonstrou os sistemas de segurança ativa e passiva, com recurso a manobras que colocaram em evidência a importância do ABS. Referindo-se à relevância deste sistema de travagem, o responsável pela ação destacou que “o ABS dá uma oportunidade ao condutor de direcionar a sua travagem, caso não consiga parar”.

Dentro de portas, os 50 participantes puderam ainda ter uma experiência de condução simulada, replicando situações da vida real que constituem comportamentos de risco. Por fim, os estudantes assistiram a uma palestra sobre as origens do acidente, as causas de sinistralidade rodoviária junto dos jovens e quais os comportamentos a adotar em caso de emergência.

O quarto dia do Brisa Student Drive Camp arranca amanhã pela manhã, com uma visita aos bombeiros locais.