• Indo eu, indo eu…

    Apanha a boleia da tua vida!

    Conhece os mundos da condução, do automobilismo e da segurança rodoviária, em quatro dias de alta rotação. Karting, aulas de condução e simuladores são alguns exemplos.

    3 a 7 de setembro 2018 - Viseu

Notícias

  • Mais uma edição com sucesso

    Para tristeza de muitas pessoas, hoje foi o último dia da Brisa Student Drive Camp 2017. Como é claro deixamos o melhor para o fim, todos tiveram a oportunidade de ter a sua primeira aula de condução e ver como é feita a inspeção de um automóvel.

  • Contagem decrescente

    Chegámos ao terceiro dia da Brisa Student Drive Camp! O dia de hoje foi todo passado no Regimento de Transmissões com o exército, com a Brisa e com a CR&M- Formação Ativa de Condução.

  • O Brisa Student Drive Camp continua

    O segundo dia do Brisa Student Drive Camp começou bem cedo. Uma vez que esta semana é dedicada à segurança, é importante para os participantes conhecerem melhor as forças de segurança em Portugal. Desta forma tiveram a oportunidade de conhecer as diferentes áreas e os meios que a GNR e a Polícia utilizam para manter a sociedade segura.

  • Arrancou mais uma edição Brisa Student Drive Camp no Porto

    Hoje teve início mais uma semana focada na segurança e na prevenção rodoviária.

  • (2016) O Drive Camp fez-se à pista

    O quarto dia do Brisa Student Drive Camp 2016, velocidade e segurança estiveram lado a lado. O dia começou com uma visita ao quartel dos Bombeiros Municipais de Leiria. Aí, os participantes foram divididos em quatro grupos e ficaram a saber mais sobre Suporte Básico de Vida, os equipamentos e procedimentos utilizados, bem como a logística envolvida no quotidiano destes profissionais.

  • (2016) Brisa Student Drive Camp na estrada

    O terceiro dia do Brisa Student Drive Camp foi passado no Centro Operacional da Brisa. Simulação e prática estiveram em destaque. Chegados ao Centro Operacional Brisa da Marinha das Ondas, os participantes do Brisa Student Drive Camp foram recebidos por Paulo Figueiredo, coordenador de assistência rodoviária da Brisa.

  • (2016) O Drive Camp continua em marcha

    O segundo dia da semana da segurança rodoviária foi dedicado à demonstração de meios das forças de segurança e ao conhecimento aprofundado das consequências da sinistralidade rodoviária. Os 50 participantes do Brisa Student Drive Camp começaram por animar o Largo do Papa, no centro de Leiria.

  • (2016) Brisa Student Drive Camp arranca em Leiria

    Começou hoje a semana dedicada à segurança e à prevenção rodoviária. A partida deu-se na oficina mas foi na estrada que o dia terminou. Os 50 jovens participantes no Brisa Student Drive Camp chegaram a Leiria ainda de manhã.

  • Brisa Student Drive Camp 2018

    Já te inscreveste?

    Só temos 50 lugares!

    INSCREVE-TE JÁ!

Sobre

  • Gostas do mundo automóvel e queres ter uma semana repleta de atividades relacionadas com o tema, então esta é a tua semana!

    O programa de atividades é vasto, desde corrida de karting, ao curso de socorrismo para saberes como agir em situação de risco, passando por uma experiência de condução defensiva com a Academia Brisa.

    Poderás ter a tua primeira aula de condução, entrar num simulador de capotamento e aprender o que deves fazer nessas situações, entre muitas outras atividades que te vão surpreender!

    A 6ª edição da Brisa Student Drive Camp vai decorrer em Viseu de 3 a 7 de setembro de 2018. A tua participação é gratuita, só tens de te inscrever e depois serás informado se foste selecionado.

    6ª edição da Brisa Student Drive Camp em Viseu de 3 a 7 de setembro de 2018

    bloco1 1

    50 estudantes do 9º ano e o ensino secundário ou profissional

    bloco2

    Vídeo resumo da semana Brisa Student Drive Camp 2017, que decorreu no Porto entre 9 e 13 de abril, inserido na Capital Jovem da Segurança Rodoviária.

Brisa Student Drive Camp 2018

terça, 27 março 2018 11:55

(2016) O Drive Camp fez-se à pista

O quarto dia do Brisa Student Drive Camp 2016, velocidade e segurança estiveram lado a lado. O dia começou com uma visita ao quartel dos Bombeiros Municipais de Leiria. Aí, os participantes foram divididos em quatro grupos e ficaram a saber mais sobre Suporte Básico de Vida, os equipamentos e procedimentos utilizados, bem como a logística envolvida no quotidiano destes profissionais.

Antes, o bombeiro Roberto Morgado realizou uma apresentação centrada na Proteção Civil. “Vocês são o braço armado da Proteção Civil”, começou por relembrar, acrescentando: “a prevenção começa em todos nós e em cada um de vocês”.

Depois de explicar a orgânica da Proteção Civil em Portugal, nomeadamente ao nível nacional, distrital e municipal, Roberto Morgado detalhou as responsabiliadades dos bombeiros. Em Portugal, revelou, existem cerca de 40000 bombeiros voluntários e 6300 profissionais, sendo que estes últimos se concentram sobretudo nas capitais de distrito. Já numa das estações, Leonardo Pereira explicou aos jovens estudantes o funcionamento dos equipamentos dos bombeiros. Quanto aos veículos, salientou, são divididos em veículos de primeira intervenção e especializados. Alguns dos mais utilizados são os veículos de escada, de incêndios urbanos e de desencarceramento.

No mesmo espaço, Roberto Morgado explicou aos participantes a melhor forma de transportar uma vítima de acidente. Salientando a importância de imobilizar o pescoço, o bombeiro demonstrou ainda o funcionamento de alguns equipamentos como a maca de vácuo, sobretudo usada em vítimas com politraumatismos. Numa das salas do quartel, o bombeiro Neves Silva centrou a sua explicação no Suporte Básico de Vida. Segundo Neves Silva, o tempo pode fazer toda a diferença no sucesso da intervenção. “Se atuarmos no primeiro minutos, temos 98% de hipóteses de recuperar a vítima”, destacou. Ao fim de quatro minutos, essa percentagem cai para os 50%. Depois de seis minutos, é apenas de 11%.

No sistema de gestão de operações, os estudantes simularam um incêndio numa indústria, de forma a colocar em evidência as características do software utilizado nesta tarefa. Calculando variáveis como o grau de risco, o número de feridos ou as condições de acesso, o programa calcula quais os meios ideais para a intervenção. No entanto, salientou o responsável pela ação, “a última palavra é sempre do chefe de sala”. Da pista à inspeção Depois de almoço, tempo para uma visita ao Kartódromo Internacional de Leiria, onde os 50 participantes puderam conhecer o percurso e compreender a importância de garantir as condições de segurança quando atrás de um volante.

Ao final da tarde, houve ainda espaço para uma visita às instalações da Controlauto – empresa do Grupo Brisa – com o intuito de evidenciar a importância deste processo no evitar de acidentes. Assim, os 50 estudentes conheceram as técnicas de avaliação dos sistemas de luzes, da suspensão, direção, travões e ainda da emissão dos gases de escape. “Os centros de inspeção não são todos iguais”, destacou um dos responsáveis do centro, “mas todos têm o mesmo propósito” – a manutenção da segurança.

No penúltimo dia do Brisa Student Drive Camp 2016, foi também tempo de celebração, com o jantar que assinalou mais uma edição desta semana de atividades e que contou com a presença de representantes das várias edições parceiras. Foi já no final da refeição que um dos participantes, Franscico Sequeira, pediu a palavra para “agradecer a oportunidade fantástica que foi esta semana”. Pouco depois, o Vice-Presidente do Politécnico de Leiria, Rui Barbosa, garantiu que a sua instituição de ensino terá sempre “as portas abertas” a este tipo de iniciativa. Rui Barbosa expressou ainda a certeza que a importância das aprendizagens retidas pelos participantes será ainda mais reconhecidas pelos mesmos, no futuro.